Polícia de SP prende mais um suspeito de assassinatos no AM



O caso do assassinato do jornalista inglês Dom Phillips e do indigenista Bruno Pereira, os quais ficaram desaparecidos por mais de 10 dias na região do Vale do Javari, no estado do Amazonas, ganhou novos desdobramentos.

Mais um dos suspeitos de participação no assassinato de Bruno Pereira e Dom Phillips, no Amazonas, entregou-se à polícia de São Paulo nesta quinta-feira (23). Trata-se de Gabriel Pereira Dantas, que se apresentou ao 2º Distrito Policial da cidade e foi preso em seguida.

Veja também:

PF tem mais 5 suspeitos da morte Dom e Bruno Pereira

Dom e Bruno foram mortos com tiros no peito e na cabeça

Segundo policiais ouvidos pela reportagem, ele admitiu participação no crime. Dantas deve ser encaminhado para a guarda da Polícia Federal, responsável pela apuração do caso, ao lado da polícia do Amazonas.

CORPOS LIBERADOS

Nesta quarta-feira, a Polícia Federal informou que concluiu a perícia de genética forense e que os corpos do indigenista e do jornalista serão liberados para as famílias nesta quinta-feira (23).

“A Polícia Federal comunica que os corpos de Dom Phillips e Bruno Pereira serão entregues às famílias amanhã, dia 23 de junho, com previsão de decolagem do aeroporto de Brasília às 14h”, disse a corporação, em nota.

Ainda de acordo com a PF, as amostras biológicas identificaram “dois perfis genéticos distintos” e os resultados apontaram se tratar “dos remanescentes de Dom Phillips e Bruno Pereira”.

“Os trabalhos dos peritos do Instituto Nacional de Criminalística continuarão nos próximos dias concentrados na análise de vestígios diversos do caso.”

Pereira e Phillips foram mortos em região próxima à terra indígena do Vale do Javari, no estado do Amazonas.





Fonte da notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pular para a barra de ferramentas