Morto por não querer relação sexual com dois homens | Notícias Brasil | Diário Online



Depois de ter o corpo incendiado ao se recusar
a ter relações sexuais com dois homens e ter ficado 14 dias internado, o adolescente
Jean Alexandre Santos, de 17 anos, veio a óbito nesta segunda-feira, dia 20 de
abril, no Hospital Municipal de Cuiabá (HMC).

O caso ocorreu no município de Pedro da Cipa e
Jean teve queimaduras de 2º e 3º graus por cerca de 50% do corpo. O jovem
apresentou infecção generalizada e não resistiu.

Um dos suspeitos, identificado como José
Augusto Ludwinsky dos Santos, de 21 anos, foi preso pelo crime.

Segundo investigações, o adolescente chegou à casa de José, que estavam
bebendo com outro homem. Ocorreu uma discussão entre o infrator e Jean, que cultivavam uma relação. Foi quando, no
banheiro, José pegou álcool, jogou na cabeça do jovem e ateou
fogo usando um isqueiro.





Fonte da notícia

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*