Marajó recebe a primeira base fluvial de segurança pública


Mais um investimento histórico para a segurança pública do Pará foi entregue nessa quarta-feira (22), pelo Governo do estado, através da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup). É a primeira Base Integrada Fluvial “Antônio Lemos”, que beneficiará toda região do Marajó e ficará instalada no município de Breves, à margem direita do Rio Tajapuru, no distrito de Antônio Lemos.

A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup) coordenará, de forma integrada, as ações desenvolvidas na base, que contou com investimento de mais R$ 5 milhões de recursos do Tesouro Estadual. A estrutura vai ampliar a fiscalização na malha fluvial do Pará, especialmente em uma área considerada estratégica para a segurança pública, por ser um corredor utilizado para o transporte de drogas, contrabando, pirataria e crimes ambientais.

O governador do Estado, Helder Barbalho, celebrou mais uma conquista e investimento inédito que compõe as estratégias da segurança pública. “A Base Fluvial é uma ferramenta estratégica para combater a criminalidade no Marajó e fortalecer a fiscalização com a presença permanente com estrutura adequada para os órgãos de segurança, tanto para proteção dos ribeirinhos, quanto no sentido de garantir a fiscalização e monitoramento do estreito dos rios onde se faz confluência de quem vem do Oeste do Pará, e dos estados do Amazonas e Amapá”, afirma.

 Segurança do Pará ganha 1.049 novos policiais civis

A Base terá 20 profissionais em tempo permanente, entre servidores das Polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros, Segup, e ainda, poderá receber outros órgãos municipais e federais, que atuarão na fiscalização para garantir segurança, mas também para combater crimes ambientais e todas as incidências que ocorrerem nessa região. “Além da base, teremos um heliponto para garantir que helicópteros estejam à disposição, sendo um braço importante de fiscalização, além de uma lancha blindada que poderá adentrar e percorrer os furos da região. Reforçamos hoje, que essa é a primeira base entregue, entretanto na próxima semana estaremos lançando a licitação para a construção de outras duas bases, em Óbidos e em Abaetetuba, para compor diversas frentes de ocupação do território paraense e de presença dos órgãos de segurança garantindo a Paz da população”, enfatizou Helder.

 

A entrega foi feita pelo governador Helder Barbalho, que destacou a importância do espaço | Rodrigo Pinheiro / Agência Pará

  

Para o Prefeito de Breves, Xarão Leão a Base contribuirá para o fortalecimento da segurança em combate à criminalidade na região. “A prefeitura de Breves também se fará presente nessa Base. Estaremos juntos contribuindo com serviços que chegarem ao Marajó que sofre pela sua logística, mas que conta com o olhar do governo do estado que nos dá suporte sempre nos ajudando e atendendo nossos anseios para que possamos melhorar a vida da nossa população”, falou o prefeito de Breves.

Presente também, durante a entrega da Base o prefeito da cidade de Portel, Paulo Ferreira ressaltou a importância da conquista para a região e o benefício a todas as cidades que compõem o Arquipélago do Marajó. “A partir de agora teremos mais segurança e Controle na fiscalização desse rio. Parabenizamos o Governo do estado e a Secretaria de Segurança pelo trabalho e comprometimento com a região do Marajó”, disse o prefeito de Portel.

INTEGRAÇÃO

A integração entre as forças é o principal diferencial do projeto, que objetiva concentrar esforços de segurança pública e fiscalizações, a fim de monitorar e verificar as atividades desenvolvidas na área fluvial do Pará, em específico nas rotas de embarcações oriundas de todo o território paraense, e dos estados do Amapá e Amazonas. “Esse é um sonho antigo de toda a população do Marajó, não apenas dos moradores de Breves, por estar localizada em um ponto estratégico que é o rio Tajapuru, pois ele recebe todas as embarcações que chegam, tanto do Amazonas quanto da região Oeste do Pará e também do estado do Amapá, sendo um ponto de convergência de todas as embarcações que vão de Breves até a Capital”, destacou o secretário de Segurança Pública e Defesa Social, Ualame Machado.

A Base Integrada Fluvial Antônio Lemos reunirá equipes dos órgãos de Segurança Pública do Estado, bem como, órgãos de fiscalização ambiental e alfandegários, tanto da esfera estadual quanto municipal. A base será utilizada para atendimento na região e contará com a presença de agentes das Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros, Grupamento Fluvial de Segurança Pública (Gflu) e ainda servidores da Secretaria da Fazenda.

Além de fortalecer a segurança na rota fluvial do estado, em especial da região, a base servirá também de apoio à população local que poderá contar com a presença da segurança pública do estado e realizar ainda serviços como a emissão da Carteira de Identidade (RG). O porão da Base Fluvial abrigará dois geradores de energia, sistema de tratamento de esgoto sanitário, tanques de óleo diesel e espaço para armazenamento de carga. Já o convés principal conta com recepção, sala de atendimento, banheiros, celas temporárias (masculina e feminina), seis salas de escritório com capacidade para 23 pessoas e sala para reunião.

O convés superior é formado pela copa, refeitório, espaço de convivência, banheiros e dormitórios para 25 pessoas. No tijupá estão instalados os painéis fotovoltaicos, aparelhos flutuantes, condensadores, caixa d’água e mirante inferior e superior. Cada estrutura foi construída de forma adaptada para a realidade do local, podendo contar com infraestrutura terrestre de apoio.





Fonte da notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pular para a barra de ferramentas