Justiça absolve empresário acusado de tentar matar delegado em Belém | Pará


A Justiça do Pará decidiu absolver o empresário Arthur Wanzeller Pereira Kahwage, de 35, de uma tentativa de assassinato contra um delegado durante festa no estacionamento de um shopping de Belém. O julgamento terminou no fim da tarde desta quarta (5).

O crime ocorreu em fevereiro de 2019. De acordo com testemunhas, o agressor teria espancado o delegado Társio Murilo Bessa Martins durante cerca de 5 minutos, após a vítima ter derramado cerveja nele.

Sete jurados decidiram pela absolvição do réu, que já respondia o processo em liberdade.

A promotoria informou que vai esperar um posicionamento do delegado, que está de licença médica, para saber se recorre ou não da sentença.

Primeira testemunha depôs no julgamento que iniciou na manhã desta quarta-feira, 5 — Foto: Reprodução/TJE PA

Segundo caso de agressão

Em 2018 Arthur Wanzeller Pereira Kahwage, de 35 anos e na namorada fizeram parte de outro episódio de agressão, desta vez contra uma mulher.

O caso ocorreu após jogo do Brasil contra Suíça, no dia 17 de junho. A vítima disse que foi atingida com um soco na cabeça por um homem, identificado como Arthur Wanzeler Pereira Kahwage.

Ela relatou que estava com uma amiga quando uma mulher, com ciúmes do namorado, foi reclamar. Em seguida o rapaz já teria chegado cometendo a agressão. Com rosto inchado, ela foi socorrida por uma equipe médica e levada em uma ambulância para um hospital.



Fonte da notícia

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*