Jobson pode jogar no mesmo time do goleiro Bruno – Diário Online



Nesta sexta-feira (31), o goleiro Bruno já treinou com a
camisa da equipe do Rio Branco. Mesmo diante de tantas críticas, o presidente
Valdemar Neto do clube não se intimidou e manteve a contratação.

Em entrevista ao Portal Futebol Interior, o presidente
confirmou que está em busca de mais uma contratação polêmica. O paraense Jobson
está na mira do Estrelão.

“Iniciamos uma conversa com o União Cacoalense, mas não
conseguimos avançar. Existe realmente um interesse, porém, acho muito pouco
provável que Jobson possa atuar no Rio Branco”, disse o mandatário.

Com 31 anos, Jobson é o rei das polêmicas. O jogador assinou
recentemente um contrato com o União Cacoalense até 2021. Vale lembrar, que o
atacante paraense iniciou 2020 no Independente, mas teve seu contrato rescindido.

A passagem pelo Galo Elétrico durou duas semanas. O ciclo
foi encerrado quando a diretoria tomou conhecimento de um vídeo do atleta em
que ele aparece bebendo e cantando em um karaokê. No dia do vídeo, o
Independente havia perdido no Parazão.

Ele jogou as duas partidas pelo time de Tucuruí no Paraense.
Na estreia, Jobson entrou no intervalo, e no jogo seguinte, o da derrota, ele
começou como titular, mas foi expulso no segundo tempo.

Diferente do goleiro Bruno que cumpre regime semiaberto, o
paraense está solto após desde 2017 após pagar fiança. Ele foi preso em 2016,
sob acusação de estuprar uma adolescente, mas conseguiu cumprir prisão
domiciliar. Um tempo depois ele voltou para a prisão porque descumpriu o limite
da tornozeleira eletrônica.





Fonte da notícia

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*