Igreja desiste de processo contra Porta dos Fundos após Justiça negar advogado gratuito – Diário Online



A igreja que processou a produtora Portas dos Fundos e a
Netflix pedindo uma indenização de nada mais nada menos que R$ 1 bilhão,
desistiu de dar seguimento no processo devido aos custos do mesmo e, segundo
fontes, a alta probabilidade de perder a causa. As informações são da revista
Veja.

A Igreja Templo Planeta do Senhor foi à Justiça contra o
popular canal e a plataforma de vídeo por streaming após o vídeo A Primeira
Tentação de Cristo, que foi ao ar no fim do ano passado. Segundo o advogado
Anselmo Ferreira, que também é o presidente da igreja, o vídeo feriu sua fé
cristã ao retratar um Jesus Cristo homossexual.

O vídeo gerou muita polêmica e acendeu o debate sobre os
limites do humor e da religião. Após seis meses, chega ao fim antes mesmo que a
Netflix e o Porta dos Fundos tivessem sido notificados.

A igreja desistiu porque a juíza não concedeu o direito de
Justiça gratuita à instituição religiosa. A igreja ficou com um prejuízo de R$
82 mil, custos com o processo durante este tempo.  

 

 

 





Fonte da notícia

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*