Gestão hospitalar onde vítimas de feminicídio no Guamá trabalhavam emite nota de pesar – Diário Online



A gestão do
Complexo Hospitalar da UFPA/Ebserh recebeu com pesar a notícia do feminicídio
das técnicas de farmácia do Hospital Barros Barreto, Tamires Ferreira Abdon e
Jessica Araújo Teixeira.

Vídeo: vítimas de feminicídio no Guamá tiveram 12 e 5 perfurações cada

Homem mata duas mulheres e tenta se suicidar dentro de apartamento em Belém

Elas foram
mortas na tarde de sábado (30) dentro do apartamento de uma delas no bairro do
Guamá, em Belém.

O autor dos
crimes foi identificado como Joelson Alves de Souza, militar aposentado da
Aeronáutica identificado.

As vítimas
faziam parte do quadro do Hospital Barros Barreto.

“Nos manifestamos
em repúdio a toda e qualquer tipo de violência contra a mulher e somos
solidários à dor das famílias que perderam seus entes queridos de uma forma tão
dolorosa”, disse a gestão hospitalar em nota.





Fonte da notícia

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*