Ananindeua lança medidas para atender pessoas em situação de extrema pobreza por conta da Covid-19 | Pará


A prefeitura de Ananindeua, região metropolitana de Belém lançou um programa com ações para atender pessoas em situação de extrema pobreza. As medidas adotadas serão realizadas para minimizar os impactos sociais e dessa forma garantir uma retomada gradual das atividades no município.

Uma das medidas que fazem parte do programa é o “Serv Mob”, um serviço de aplicativo de transportes que substitui carros oficiais para possibilitar o deslocamento de servidores, exclusivamente, para atividades técnico-administrativas dentro do município.

O projeto representa a distribuição de renda dentro do município, já que será contratada uma empresa que repassa esse valor para os 1.180 motoristas de aplicativo que circulam em Ananindeua. A partir do aplicativo é possível controlar o uso do transporte por meio de monitoramento e detectar fraudes de servidores que tentarem burlar as regras de exclusividade.

Além dessa medida, para ajudar o contribuinte do município neste período o IPTU será estendido para cota única para o dia 10 de junho. Com isso, o munícipio vai ter um período maior para garantir o desconto de 20% que vai abater sobre a dívida e assim ajudar a população a se reestabelecer.

A partir da próxima segunda-feira (10), a prefeitura irá cadastrar famílias que se enquadram em situação de extrema pobreza para participarem de um programa de Transferência de Renda, vinculado à Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Trabalho (SEMCAT) e à Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Finanças (SEPOF).

O cadastro do programa será realizado de forma virtual em aba específica no endereço eletrônico da prefeitura municipal de Ananindeua. Essa medida irá beneficiar quase quatro mil reais em famílias que vão receber um valor de R$ 100,00. A secretaria estima que o responsável familiar deve fazer parte da lista pública do cadastro único do Ministério da Cidadania.

O beneficiado também não pode ser atendido por nenhum outro programa semelhante da esfera estadual e federal.

A Sedec também vai ofertar um microcrédito de R$ 2.000,00 para Micro Empreendedores Individuais, mulheres, jovens de 18 a 30 anos e pessoas portadoras de deficiência. O pagamento do crédito terá dois meses de carência e será dividido em 10 vezes. As inscrições podem ser feitas no site da Sedec que vai fazer fará o chamamento dos classificados por mês de nascimento para entrega de documentos e entrevista.

O pagamento será feito através de Ordem Bancária. Os beneficiários poderão sacar o dinheiro em qualquer agência do Banpará de Ananindeua.



Fonte da notícia

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*