aluno é suspeito de ejacular em trabalho de doutoranda



A Universidade Federal do Pará (UFPA) investiga uma denúncia recebida por uma doutoranda que afirma que um aluno veterano foi o responsável por ter ejaculado no trabalho de pesquisa dela dentro de um dos laboratórios da instituição. O caso teria acontecido na noite da última quarta (3) e foi descoberto na manhã seguinte (5).

Auxílio Taxista: veja quem pode receber benefício no Pará

A denunciante, que preferiu não ser identificada, afirma que o fato aconteceu no laboratório de oceanografia da universidade, em Belém. Ela teria saído do laboratório e o aluno veterano teria sido o último a permanecer no local. No dia seguinte, ao voltar ao laboratório, viu o trabalho sujo de sêmen.

Esse não seria o primeiro caso envolvendo o veterano. Ele é suspeito de cometer outros atos contra alunas no laboratório, todos de cunho sexual, seja importunando as estudantes, desenhando imagens de pênis em uma foto delas ou se escondendo para espioná-las.

As alunas foram orientadas a procurar a Polícia Civil, mas foram informadas pelo delegado que a situação não configura crime.

LEIA TAMBÉM: Mais de 40 mulheres acusam Bruno Krupp de violência sexual

Em nota, a UFPA confirmou o recebimento da denúncia de assédio a uma estudante da instituição e informou que abriu um Processo Administrativo Disciplinar (PAD) para apurar os fatos. A partir do processo, poderá ser aplicada uma penalidade de advertência, repreensão, suspensão ou exclusão ao estudante responsável.





Fonte da notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pular para a barra de ferramentas