Agentes penitenciários são investigados por facilitar fuga de presos em Parauapebas, no PA | Pará


A corregedoria do sistema penitenciário do Pará investiga a conduta de um agente penal da cadeia pública de Parauapebas, no sudeste do Pará. Ele estaria envolvido na fuga de detentos na casa penal.

Uma portaria autorizou a abertura de processo administrativo para “apurar fatos narrados no depoimento de Josenildo Leal Vital”, que é um dos presos que escaparam do presídio no dia 7 de julho.

De acordo com o detento, um agente penitenciário teria recebido dinheiro para facilitar a fuga. O nome dele não foi divulgado. O detento havia fugido, mas foi recapturado. Outros dois continuam foragidos.

Uma outra portaria, publicada no Diário Oficial do Estado na última segunda (19), também determina abertura de investigação da conduta de mais quatro servidores lotados na cadeia pública, que também podem ter facilitado a fuga.

À época da fuga, a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) informou que o preso recapturado iria permanecer em medida disciplinar em cela de vigência individual e responder procedimento disciplinar penitenciário, com a regressão de regime.

A Seap já havia admitido que houve quebra de protocolo da vigilância aproximada e a Corregedoria Geral Penitenciária iniciaria a apuração dos fatos. Um servidor temporário chegou a ser exonerado.



Fonte da notícia

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*