Veja como fazer a emissão de carteira de gratuidade para pessoas com deficiência – Diário Online



A Agência de Regulação e Controle de Serviços Públicos do Estado (Arcon-PA) informa sobre o processo de emissão das carteiras da gratuidade no transporte intermunicipal para as pessoas com deficiência. Por conta  da pandemia do Covid-19, a orientação à quem tem direito ao benefício  é que se dirija a uma  das Unidades de Referência Especializada – URE, ou  um dos Centros de Atenção PsicosSocial – CAPS da Secretaria de Saúde do Pará – Sespa.   

“Os  mutirões de entrega foram suspensos devido a Covid-19 neste ano de 2020, e uma parceria com a Sespa foi firmada para  dar andamento ao cadastro e  promover o acesso  à carteirinha. Por isso, os beneficiados devem procurar  o atendimento nas unidades da Sespa  mais próxima da  casa da pessoa com deficiência”, esclarece Denise Pimenta, Diretora de Controle Financeiro e Tarifário da Arcon.

A Coordenadora Estadual da Pessoa com Deficiência da Sespa, Iracy Tupinambá orienta sobre o processo para dar entrada ao benefício.  “O primeiro passo para a pessoa com deficiência adquirir o benefício  da carteirinha da gratuidade é a emissão do laudo médico, a partir daí  inicia-se  o  processo para a emissão da carteirinha da gratuidade. É importante  ficar atento a URE onde são realizados atendimentos de acordo com o especialidade da deficiência”, explica Iracy. 

Orientamos aos pacientes com dificuldades auditiva e visual, por exemplo, a  procurarem  a URE , localizada na Avenida Presidente Vargas, onde estão os  peritos especializados para a emissão deste tipo laudo.  Às  pessoas com transtorno do espectro autista devem  procurar a Sespa da  Avenida João Paulo II, onde  receberão  o encaminhamento para o atendimento no Centro Integrado de Inclusão e Reabilitação – CIIR, na Unidade de Referência Especializada Demétrio Medrado e no Centro de Atenção PsicosSocial – CAPS para dar início ao processo de cadastramento da carteirinha da gratuidade.

Leia mais:

Mais um ônibus é destruído pelo fogo em via de Belém; veja o vídeo

Internautas criticam namoro de menina de 12 anos com rapaz de 19

Confira os locais para o cadastramento para emissão de carteiras da gratuidade para pessoas com deficiência. 

URES REDUTO – Av. Visconde de Souza Franco, nº 600 – Fone 3204-3716 PATOLOGIA: Deficiências Física, Neurológica, LES (lúpus) e Renal.

URES PRESIDENTE VARGAS – Av. Presidente Vargas, nº 513 – Fone 3110- 6250 PATOLOGIA: Deficiências Auditiva, Visual, Cardiológica e Ostomizado.

URES MARCELLO CANDIA – Av. João Paulo II, BR 316, Km 12, Rua do Hospital Divina Providência em Marituba – Fone: 3256-0223 e 3256-0266.

PATOLOGIA: Sequela da Hanseniase.

URES DIPE – Av. Senador Lemos, s/n – Fone 3244-3535.

PATOLOGIA: DST/AIDS.

URES DEMETRIO MEDRADO – Av. Dr. Freitas, nº 235 – Fone 3233-1479.

PATOLOGIA: Deficiências Física e Neurológica.

URE MIA – Av. Alcindo Cacela, nº 1421 – Fone 3226-1931.

PATOLOGIA: Deficiências Física e Intelectual – Usuários de 0 a 19 anos.

CAPS RENASCER – Av. Mauriti, nº 2179 – Fone 3276-3448.

PATOLOGIA: Deficiência Intelectual.

HOSPITAL OPHIR LOYOLA – Av. Magalhães Barata, nº 992 – Fone 3265- 6500.

PATOLOGIA: Usuários com diagnóstico de Câncer Adulto (somente usuários que realizam tratamento no hospital).

HOSPITAL ONCOLÓGICO INFANTIL OCTAVIO LOBO – Tv. 14 de Abril, nº 1394 – Fone 3182-4500.

PATOLOGIA: Usuários com diagnóstico de Câncer Infantil (somente usuários que realizam tratamento no hospital).

HOSPITAL UNIVERSITÁRIO BETTINA FERRO DE SOUZA – PROJETO CAMINHAR – Rua Augusto Corrêa, nº 01 – Fone 3201-8581.

PATOLOGIA: Todas as patologias (somente usuários atendidos pelo Projeto Caminhar).

Mais informações pelo telefone: (91) 4006. 4262, Ouvidoria da Arcon, fone: 08000911717 ou email: [email protected] 





Fonte da notícia

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*