Suspeito de matar cacique em Tomé-Açu é identificado – Diário Online



Janderson de
Souza Alves, vulgo “Cherry”, é apontado como o principal suspeito de ter matado
o cacique Edilson Santos dos Santos, de 49 anos, no último domingo (20).

O indígena da
aldeia Acara-Miri foi morto com uma facada nas costas. 

O crime
aconteceu após uma festa ocorrida no Km 14 da comunidade Jamic, zona rural do
município de Tomé-Açu, região do nordeste paraense.

Após o
crime, o clima ficou tenso na região.

A casa de um
tio do suspeito de ter assassinado o cacique foi invadida. Uma pessoa morreu e
outra, alvejada, conseguiu ser socorrida.

O policiamento
teve que ser reforçado por equipes da Polícia Civil e equipes da Polícia
Militar, inclusive com o apoio do Tático Operacional.

Até a
publicação desta matéria, Janderson não havia sido localizado.





Fonte da notícia

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*