Semob cobra respostas da empresa Belém Rio por incêndios de ônibus | Pará


A empresa Belém Rio Transportes, responsável por três ônibus que ficaram completamente destruídos após pegarem fogo em vias de Belém, tem o prazo de sete dias para dar explicações sobre as ocorrências. A data limite foi determinada pela Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob). O G1 tentou contato com a empresa Belém Rio, mas não havia obtido respostas até a última atualização desta matéria.

Em menos de uma semana, foram registrados três incêndios de ônibus enquanto circulavam por ruas da capital. Na segunda (27), um ônibus que faz a linha Icoaraci-Centro ficou completamente destruído após as chamas se alastrarem em minutos na av. Assis de Vasconcelos, no bairro do Reduto.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a empresa não solicitou exames de perícia para identificar as causas dos incêndios.

Em uma semana, três ônibus são destruídos por chamas em Belém

Uma grande cortina de fumaça foi vista por pessoas em bairros ao entorno do local.

De acordo com o motorista do coletivo, o ônibus estava em movimento quando ele começou a sentir um cheiro muito forte de queimado e logo depois as chamas iniciaram. Dez passageiros estavam no coletivo no momento. Ninguém ficou ferido.

Cortina de fumaça formada por incêndio em ônibus na av. Assis de Vasconcelos, em Belém — Foto: Reprodução

Militares do Corpo de Bombeiros foram acionados e controlaram as chamas. A rede elétrica da via foi atingida pelo fogo, assim como a fachada de uma loja. A parte traseira de um carro estacionado próximo ao local derreteu devido o calor das chamas.

A Semob informou que deve intensificar a fiscalização da empresa Belém Rio nos próximos dias para verificar se há irregularidades na manutenção dos veículos.

Em nota, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Belém (Setransbel) disse que a frota de ônibus passa por manutenção preventiva regularmente. O sindicato disse ainda que considera o número de veículos com problemas baixo, já que cerca de dois mil ônibus rodam pela cidade, percorrendo mais de 12 mil quilômetros por mês.



Fonte da notícia

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*