Segup investiga se homicídios do final de semana na região metropolitana estão relacionados | Pará


A Secretaria de Segurança Pública do Pará (Segup) informou nesta segunda-feira (9) que vai reunir investigadores de Belém e Ananindeua para elaborar linhas investigativas sobre os oito homicídios registrados no último final de semana na região metropolitana. De acordo com o secretário Uálame Machado, os investigadores vão juntar informações e verificar se os casos possuem alguma relação.

“Vamos realizar nesta segunda uma reunião com os grupos que fazem as investigações em Ananindeua e Belém. As equipes vão se unir pra que possam juntar todas as informações em relação aos casos. Nesse momento vamos montar linhas investigativas e identificar se os casos sem relação”, explicou o secretário.

O anúncio veio após a série de mortes registradas na grande Belém durante o final e semana. Em menos de 48h oito pessoas foram executadas nos bairros do Curuçambá e Aurá, em Ananindeua, e Jurunas e Reduto, em Belém. Em todos os casos, as vítimas foram abordadas por suspeitos em carros, que realizaram vários disparos e fugiram.

Segundo o secretário, os homicídios na região metropolitana representam um “ponto fora da curva”. Ele afirma que, nos últimos meses, o número de homicídios está caindo, e que essas mortes “fogem a regra estabelecida”.

As mortes são episódios lamentáveis. De fato o que aconteceu nesse fim de semana é um ponto fora da curva. Porém, já mostramos que casos como esses são tratados com rigor. Precisamos atuar de forma firme e célere, porque é isso que a população espera”, disse o secretário.

De acordo com o Governo do Pará, o estado registrou mais de 1100 mortes a menos em 2019 em comparação ao ano anterior. Segundo o Governo, houve uma redução de 30% no número de homicídios no Pará, sendo 55% apenas na região metropolitana de Belém.



Fonte da notícia

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*