Quase 400 pessoas em situação de vulnerabilidade recebem cuidados no Mangueirão – Diário Online



Aproximadamente 400 pessoas estão abrigadas no Estádio Edgar Augusto Proença, o Mangueirão, desde que o espaço foi aberto no último domingo (22) como parte das ações de prevenção do Governo do Pará frente a pandemia do novo Coronavírus (Covid-19).

Os abrigados passam por um processo de acolhimento e cadastro social feito pela Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster). Eles recebem kits de higiene pessoal, roupas, um colchão e quatro refeições diárias (café, almoço, lanche e jantar).

Pará aumenta para nove o número de casos confirmados do novo Coronavírus

Os cuidados na área de saúde são feitos em um ambulatório disponibilizado pela Secretaria do Estado de Saúde Pública (Sespa), onde passa por um processo de triagem, testes rápidos e curativos. Dependendo da situação, é encaminhado à unidade de pronto-atendimento.

DOAÇÕES – Desde que foi aberto para os moradores de rua, o Estádio também tem recebido diversas doações, como materiais de higiene, colchões e itens pessoais. Mil cestas básicas também foram doadas pela Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa).





Fonte da notícia

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*