Primeiro cachorro a testar positivo para Covid-19 morre nos EUA – Diário Online


O pastor alemão registrado como o primeiro cachorro a testar positivo para a Covid-19 nos Estados Unidos não resistiu à doença e morreu. Buddy tinha 7 anos de vida e contraiu a doença em meados de abril.

De acordo com a imprensa local, os veterinários que analisaram o corpo de Buddy acreditam que ele, provavelmente, tinha um tipo de câncer. Isso explicaria os sintomas graves apresentados pelo cão antes de morrer.

Porém, ,os especialistas não conseguiram concluir se o câncer o tornou mais vulnerável a contrair o novo coronavírus ou se o vírus agravou a doença já existente. A morte de Buddy foi registrada em 11 de julho.

As autoridades de saúde informaram que apenas que se tratava de um cão de raça pastor alemão, de 7 anos e que a provável fonte de transmissão foi o proprietário, que já havia testado positivo.

Segundo os especialistas, a contaminação de animais de estimação pelo vírus é rara. Nos EUA, somente 25 pets foram confirmados com a doença. A transmissão inversa, do pet para o dono, nunca foi registrada.





Fonte da notícia

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*