Paysandu tropeça em casa diante do Manaus-AM e se complica – Diário Online


O Paysandu tropeçou dentro de casa ao empatar com o Manaus-AM em 1 a 1, neste sábado (31), pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C. Agora, a missão bicolor rumo ao quadrangular ficou um pouco mais difícil, faltando cinco jogos para o fim da fase classificatória.

VEJA COMO FOI O JOGO

O primeiro tempo foi de estudos por parte das duas equipes. Sem chances pelo chão, as duas equipes tiveram pouca criatividade e restou a bola aérea como opção.

Pelo Manaus-AM, a melhor chance foi em cobrança de escanteio onde Paulo Ricardo estava atento para defender a cabeçada de Rossini.

Também pelo alto, o Paysandu assustou: Vinicius Leite cobrou falta e, por pouco, não fez um golaço.

As emoções ficaram para o segundo tempo . Logo de cara o Paysandu teve oportunidades: primeiro com Wellington Reis, que colocou Jhonnatan para trabalhar. Depois, ele evitou o gol contra de Edvan.

O gol bicolor bateu na trave aos 13 minutos, quando Vinicius Leite fez uma bela jogada e acertou o poste. Por pouco não balançou a rede.

Jorge Luiz / Paysandu SC

 

Cinco minutos depois, o Manaus-AM abriu o placar em cobrança de falta. O zagueiro Luiz Fernando usou a cabeça para tirar a bola do alcance do goleiro e marcar o gol do Gavião do Norte.

Logo depois, o Paysandu se lançou ao ataque e Erik Bessa entrou no jogo, onde conseguiu um pênalti após ser derrubado dentro da área. Com categoria, Uillian Barros deixou tudo igual no Mangueirão.

Com o empate, o Papão soma 16 pontos e a missão de se classificar fica um pouco mais distante, uma vez que o Ferroviário-CE ainda irá jogar na rodada e poderá chegar a 20 pontos, dois a mais que o Manaus-AM, que dorme no G4.

Na próxima rodada, os postulantes a vaga no grupo se enfrentam: o Manaus-AM recebe o Ferroviário-CE e o Paysandu vai até Salvador (BA), onde joga contra a Jacuipense-BA.

FICHA TÉCNICA

PAYSANDU: Paulo Ricardo; Tony, Perema, Micael e Bruno Collaço; Anderson Uchoa, Wellington Reis (Luiz Felipe) e Juninho (Alex Maranhão); Nicolas (Elielton), Uillian (Vitor Feijão) e Vinicius Leite (Erik Bessa).

Técnico: João Brigatti

MANAUS: Jonathan; Edivan, Luis Fernando, Patrick e Tsunami (Renan); Márcios Passos, Gabriel Davis e Daniel Costa; Rodrigo Fumaça (Matheusinho), Rossini (Janeudo) e Paulinho (Gilson).

Técnico: Luizinho Lopes

ÁRBITRO: Ronei Candido Alves (MG)

ASSISTENTES: Pablo Almeida Costa (MG) e Frederico Soares (MG)

CARTÕES AMARELOS: Juninho, Uillian, Bruno Collaço e Alex Maranhão (PSC); Fumaça, Tsunami, Jhonnatan, Gabriel e Edvan (MAN)

LOCAL: estádio Mangueirão / Belém (PA)





Fonte da notícia

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*