Paraense de 8 anos conhecerá o time do Flamengo após comover o país ao juntar latinhas – Diário Online


O sonho de uma criança nem sempre está relacionado à
brinquedos, bicicletas, patins, etc. Karolina, de 8 anos, é prova viva disso. O
grande desejo de conhecer o clube do coração, o Flamengo-RJ, levou a pequena
sonhadora a tomar uma atitude que comoveu o país: juntar latinhas para comprar uma
passagem ao Rio de Janeiro e assistir o Mengão no Maracanã.

Karoline é moradora do município de Itaituba, no sudoeste
paraense, é a filha mais nova do casal de funcionários públicos, Josaias e Ana
Pereira. Em reportagem ao Dol, o pai revelou detalhes do grande sonho da
menina.

Reprodução/ Arquivo pessoal

 

Josaias, 42 anos, diz que não incentivou a menina a torcer
pelo clube rubro-negro e que esse desejo partiu do seu próprio coração. “Nossa família
é composta de vascaínos, botafoguenses e flamenguistas, mas a menor (Karolina)
começou seu amor pelo Flamengo, ainda mais agora que ele explodiu com o
Campeonato Brasileiro e Libertadores.  Encantada,
ela disse que ‘queria ir ao Maracanã cantar as músicas”, revelou.

O salário mínimo que o casal de funcionários públicos recebe
“jamais daria para concretizar o desejo da filha”, revela Josaias.  E, entendendo a situação, a menina tomou uma
atitude inesperada, resolveu juntar latinhas até conseguir o dinheiro das
passagens aéreas, e para isso, gravou um vídeo onde pede que pessoas de sua
cidade ajudem.

“Eu tenho esse sonho desde agora, que eu
sou criança, né? E estou juntando latinha para ver se eu consigo as passagens
para mim, para meu pai, para minha mãe, para minha irmã e para meu tio Nael,
que ele me ajuda”, disse a menina no vídeo.

Veja o vídeo:

A história ganhou repercussão após o vídeo viralizar em
grupos de whatsapp e chegar até um blog local. Após isso, sites nacionais
divulgaram a história e cada vez mais pessoas se dispuseram a ajudar. “Um
empresário brasileiro que mora nos Estados Unidos soube e entrou em contato com
a gente e vai nos dar as passagens. Eu vou com ela e levarei também a filha
mais velha”, disse Josaias.

Com a venda das latinhas, Karolina já juntou cerca de R$ 120
reais. O dinheiro deve ser usado nas despesas com hospedagem e locomoção, e,
segundo Jozaias, a menina ainda está recebendo as doações, sejam em dinheiro ou
em latinhas.

A família está aguardando a definição da tabela do
Campeonato Brasileiro deste ano para agendar a tão sonhada viagem que deve acontecer
no final do mês de junho ou no mês de julho. Josaias revelou ainda que um representante do Flamengo entrou em contato para 

 “Ela é uma criança
muito dedicada, um orgulho. Tudo o que ela quer ela batalha e consegue”,
finalizou o orgulhoso pai.

 





Fonte da notícia

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*