Noruega divulga propaganda com Papai Noel gay dos correios | Mundo-Notícias | Diário Online



O fim de novembro anuncia a chegada do mês mais esperado por diversas pessoas, dentre elas, as que amam o período natalino, com direito a decorações criativas e comidas maravilhosas. 

Na programação das TVs brasileiras, várias propagandas fofinhas com renas, papai e mamãe noel já podem ser vistas, mas sempre voltadas as tradições natalinas.

Na Noruega, uma campanha dos correios chamou atenção ao colocar um Papai Noel em um relacionamento gay para marcar os 50 anos do fim da lei que proibia relações entre pessoas do mesmo sexo no país.

Chamado de “Quando Harry Conhece Noel”, o vídeo de quase quatro minutos mostra como Harry, um homem gay de meia idade, flagra acidentalmente Noel em sua casa na véspera de Natal.

 

Christmas commercial (long version) for Posten Norway, by POL. Posten

 

Presa, Flordelis fica noiva de produtor musical de 26 anos

Homem se passa por mulher no Tinder e tenta matar jovem

O vídeo mostra as visitas anuais do papai noel a Harry, mas o contato dos dois é sempre interrompido pela obrigação de Noel em levar os presentes.

Ansioso pela chegada do bom velhinho, Harry corre para atender a campainha em mais uma véspera de Natal mas se frustra ao ver que em vez do bom velhinho, uma carteira está com seus presentes.

Ao voltar para dentro de casa ele vê que Noel o espera: “Arranjei uma mãozinha este ano para que eu possa ficar com você”, diz o velhinho antes de se aproximar e beijar Harry.

A empresa responsável pela propaganda tem um histórico de outras campanhas que trataram de assuntos considerados polêmicos. Em 2019, eles colocaram José – pai de Jesus – como um carteiro em Belém.

Já em 2020, com a campanha “Faça o Natal Grande de Novo”, eles brincaram com então presidente americano Donald Trump, que acabava de perder as eleições.





Fonte da notícia

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*