Jansen supera crise pessoal e comemora marca no Remo | Esporte Pará | Diário Online


Rafael Jansen alcançou uma marca expressiva pelo Clube do Remo. Ao entrar em campo nesta terça-feira (19), o zagueiro chega a marca de 100 jogos com a camisa azulina.

O jogador de 32 anos atua desde 2019 no Leão. Defendeu o Campinense e o Boa Esporte em 2018, disputando as Séries D e B. 

Leia também: Remo recebe hoje o Galvez, mas de olho na Ponte Preta 

O Clube Do Remo enfrenta o Galvez nesta terça-feira (19), às 20h30, no Banpará Baenão, pela estreia na Copa Verde. Além de ser um confronto decisivo, que vale vaga para as quartas de finais, o jogo é especial e mereceu uma homenagem publicada nas redes sociais do clube.

Jansen vestiu a camisa em 99 partidas oficiais, marcou quatro gols e tem três assistências. Desses 99 jogos, foram 23 em 2019, 42 em 2020 e 34 em 2021. Nesta temporada, o defensor participou de 72,3% dos jogos do Remo. 

O zagueiro não esconde a alegria de chegar a marca expressiva e destaca a importância desse momento. “Muito importante saber que nesse século poucos chegaram nessa marca de 100 jogos . Não é fácil chegar em um número expressivo desse em um time grande, como é o Clube do Remo. Estou muito feliz e honrado em chegar a essa marca vestindo essa camisa. Espero que hoje a noite a gente consiga essa vitória com a classificação para ser mais especial”, revelou.

Apenas 19 jogadores chegaram a 100 partidas oficiais desde 1994. Rafael Jansen é o 20º.

MOMENTO DIFÍCIL

Nem tudo foi motivo de festa em sua história no Remo. O zagueiro sofreu ameaças nas redes sociais após marcar um gol contra na partida contra o Brusque pela série B do Campeonato Brasileiro. Na ocasião, o Remo divulgou o teor das mensagens enviadas ao atleta por supostos torcedores.

 

|

 





Fonte da notícia

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*