Gêmeas trans que fizeram readequação de sexo recebem alta médica | Notícias Brasil | Diário Online



Mayra Phoebe e Sofia Albuquerque, irmãs gêmeas que fizeram a cirurgia de readequação de sexo em Blumenau, Santa Catarina, receberam alta médica após duas semanas no hospital. Elas chegaram neste domingo (28) na casa da família em Tapira, em Minas Gerais. As jovens trans são consideradas as primeiras no mundo a passarem pelo procedimento juntas.

Segundo a equipe médica, liderada pelos cirurgiões José Martins e Cláudio Eduardo de Souza, as pacientes chegaram um dia antes da cirurgia e precisaram permanecer em Blumenau por 14 dias em observação depois da cirurgia. Nenhuma delas apresentou qualquer reação adversa ao procedimento. As duas nasceram com o sexo biológico masculino.

A família apoiou a decisão das irmãs desde a adolescência quando iniciaram o tratamento hormonal. O avô delas vendeu uma propriedade para custear a cirurgia e realizar o sonho das netas. As gêmeas serão acompanhadas, a partir de agora, por meio de consultas por telemedicina, em intervalos de até 40 dias. 





Fonte da notícia

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*