Estelionatário usa a foto do delegado de Oriximiná para tentar aplicar golpes através das redes sociais


Foto: Divulgação/Agência Pará

Por Tracy Costa, G1 Santarém

A audácia dos criminosos está cada vez maior. Desta vez, os estelionatários estão usando a imagem do delegado de Polícia Civil de Oriximiná, no oeste do Pará, para tentar extorquir dinheiro de vítimas através de um aplicativo de mensagens instantâneas. Segundo o delegado Willian Fonseca, três casos semelhantes chegaram até à delegacia no sábado (4).

Em mensagens enviadas às vítimas, o estelionatário, se passando pelo delegado, pede que seja feita uma transferência bancária para a mãe. O “detalhe” é que a mãe do delegado faleceu em janeiro deste ano. “Ele resolveu pegar a minha foto para se passar por mim, só que o meu número é DDD 92, e ele também pede dinheiro pra minha mãe, sendo que todo mundo sabe que ela faleceu em janeiro”, contou o delegado.

“Não sou eu, não caiam nesse golpe”, alerta o delegado.

Para alertar a população, a autoridade policial emitiu um alerta através das redes sociais contando o ocorrido e também publicou um vídeo onde ensina as pessoas a protegerem as contas nos aparelhos celulares.

De acordo com o delegado, o “cibercriminoso” fez pelo menos outras três vítimas, que registraram boletins de ocorrência na delegacia.

“Ontem (sábado) nós identificamos rapidamente a atuação desse ‘camarada’ aqui na nossa cidade, acontece que ele deve ter ficado chateado comigo, passou a noite toda ligando pra mim, me xingando. Isso porque descobrimos o golpe dele, ensinei a população a se prevenir e ele deve ter deixado de ganhar muito dinheiro”, ressaltou Fonseca.



Fonte da notícia

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*