“Entre a economia e a vida das pessoas, eu sempre vou ficar com a vida das pessoas”, diz Hélder em resposta a Bolsonaro – Diário Online



O governador do estado do Pará, Hélder Barbalho, foi questionado por um jornalista, na noite desta nesta quarta-feira (25), durante uma coletiva ao vivo, sobre qual posicionamento adotaria diante do discurso do presidente Jair Bolsonaro de voltar as atividades normais durante a pandemia.

Em resposta, Hélder disse: “Nós precisamos ter maturidade para que o contraditório possa conviver, eu posso conviver com o contraditório, agora não sou obrigado a concordar com o contraditório. Se o presidente pensa que agora é hora de voltar a normalidade, eu penso diferente. A minha obrigação primeiro, entre a economia e a vida das pessoas, eu sempre vou ficar com a vida das pessoas. Perdeu a vida, não tem segunda chance”, afirmou o governador. 

Hélder disse também que o que prevalecerá são as orientações do governo do estado e que ele não vai abrir mão das medidas preventivas adotadas para quem quer que seja. “Fui eleito para dar satisfação para a população e é a população do Pará que darei satisfação, para Deus e para mais ninguém”, enfatizou.

MEDIDAS

Uma das medidas anunciadas pelo governo do estado é a entrega de 535 mil e 700 cestas a todos os alunos da rede estadual de ensino do estado, a partir da próxima segunda-feira (30). O objetivo desta ação, segundo o governador, é evitar que o estudante saia de casa para ir até a instituição de ensino se alimentar da merenda escolar, que continuava sendo disponibilizada mesmo após o fechamento das escolas para evitar a contaminação pela Covid-19.





Fonte da notícia

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*