Dupla é dúvida na Tuna e jovem da base pode ganhar chance | Esporte Pará | Diário Online


A Tuna Luso pode ter um enorme problema para o jogo contra o
Paysandu, na próxima rodada do Campeonato Paraense.

Segundo informado pela assessoria do clube, a dupla de zaga
titular Dedé, com dor no pé direito, e Renan, com dor na parte posterior da
coxa esquerda, estão no Departamento Médico Cruzmaltino e estão sendo
avaliados. Outro que pode ser desfalque é o meia Fabinho, com lesão no tornozelo esquerdo.

Quem pode ganhar uma vaga de titular é o zagueiro David
Cruz, de 24 anos. O atleta é cria da base da Lusa e falou sobre uma possível chance como
titular diante do Papão: “Fico triste com a situação dos meus companheiros,
espero que se recuperem logo, mas eu estou trabalhando forte diariamente para
buscar o meu espaço e, se o professor Robson precisar de mim, estarei à
disposição para ajudar a Tuna a buscar a vitória diante do Paysandu.”

David ainda não estreou nessa temporada, mas já enfrentou os
bicolores na Curuzu lotada, quando defendia o Sport Belém, em 2019. Na oportunidade, marcou o atacante Nicolas, artilheiro alviceleste. “O Nicolas é um
grande atacante. Muito forte na jogada aérea. Foi um jogo muito bom. Terminamos
empatados. A pressão que vinha das arquibancadas era grande, mas me mantive
concentrado e pude ajudar a minha equipe.”

 

David já encarou Nicolas uma vez Fernando Torres

 

Ainda sobre o jogo de sexta-feira, (9), David atentou para
que clássicos geralmente são decididos em detalhes e que vontade não faltará. “Sei
que será um jogo complicado. O Paysandu tem uma equipe qualificada e joga
dentro de sua casa. No entanto, a gente vem trabalhando forte, corrigindo erros
defensivos, ofensivos, de transição e vamos para lá jogar de igual para igual.
É clássico e sabemos que será decidido em detalhes. Vontade não irá faltar e
estaremos preparados.”

Paysandu e Tuna se enfrentam na próxima sexta-feira, às 17h, no “Vovô da Cidade”, a Curuzu. A partida terá acompanhamento do Lance aLance no Diário Online.





Fonte da notícia

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*