Corpos de paraenses mortos em acidente no Paraná chegam a Belém na quinta | Pará


Na noite desta terça-feira (26), o governador do Pará, Helder Barbalho (MDB), informou, em suas redes sociais, que o avião fretado pelo estado para trazer os paraenses vítimas do acidente ocorrido no Paraná irá chegar a Belém na quinta-feira (28), às 0h30.

Governador do Pará anuncia que voo fretado irá trazer ao estado vítimas de acidente no Paraná — Foto: Reprodução

Além dos sobreviventes, o voo trará as urnas com os corpos dos passageiros que não resistiram à queda do veículo em um barranco, na viagem que tinha como destino Balneário Camboriú, no litoral catarinense. O avião vai decolar de Curitiba às 21 h desta quarta-feira (27).

Os sobreviventes que retornarão ao Pará receberam alta médica, e os corpos passaram pelos procedimentos periciais. O voo comercial será custeado pelo Governo do Pará. Familiares que se deslocaram de Belém até o local do acidente estarão no mesmo voo. Parentes e sobreviventes estão hospedados em um hotel, com apoio da Defesa Civil e da empresa de turismo responsável pelo ônibus.

De acordo com as últimas informações, 31 passageiros sofreram ferimentos, entre leves, moderados e graves, e foram conduzidos ao Hospital Municipal de Guaratuba (PR), Hospital Cajuru (PR), Hospital Regional do Litoral (Paranaguá/PR), Hospital do Rocio (Campo Largo/PR), Pronto Atendimento de Garuva, Hospital São José (Joinville/SC), Hospital Infantil Joinville (SC).

O condutor do veículo foi detido ainda na segunda-feira, e em seguida liberado. A delegacia especializada em crimes de trânsito, em Curitiba, irá apurar o fato.

Dos 19 mortos, 18 serão trasladados até o Pará, e um já foi entregue à família para sepultamento na cidade de Palhoça, na Região Metropolitana de Santa Catarina.

Segundo o governador, além dos 18 corpos, virão no mesmo voo os feridos e familiares que foram para fazer o reconhecimento das vítimas. O voo está marcado para sair do Paraná às 21h.

Laudo de vistoria técnica e mecânica do ônibus que tombou em Guaratuba, no Paraná — Foto: Reprodução/TV Liberal

O motorista disse que a manutenção do veículo foi feita antes de sair de Belém, no Pará, e que o ônibus não havia apresentado problema durante o trajeto. Porém, antes da serra, percebeu que a bomba de ar do freio estava esvaziando muito rápido.

De acordo com a polícia, ainda na delegacia, o motorista disse que tentou tentou usar uma área de escape que fica a um quilômetro antes do local do acidente. Entretanto, não conseguiu porque havia um caminhão na faixa ao lado. Por isso, segundo ele, bateu na mureta e caiu no barranco.

Ônibus ficou destruído após acidente em Guaratuba, no Paraná — Foto: PRF/Divulgação

A ANTT informou que o laudo de inspeção técnica veicular apresentado pela empresa responsável pelo veículo foi extinto em 2015, com a revogação da Resolução nº 1.166/2015, e que “não é possível atestar a veracidade do documento porque a agência não possui integração de dados para utilização do referido documento”.

Ainda segundo a agência, após consulta realizada no sistema do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) foi constatado que o ônibus passou por inspeção técnica veicular em dezembro do ano passado.

Acidente com ônibus na BR-376 em Guaratuba (PR) — Foto: Arte/G1

O acidente aconteceu na altura do km 668, no trecho conhecido como Curva da Santa, por volta das 8h30, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

De acordo com a concessionária Arteris Litoral Sul, que administra o trecho, o tráfego de veículos ficou totalmente bloqueado para atendimento do caso.

A PRF informou que o ônibus, com placa de Belém, no Pará, descia a Serra do Mar em direção ao litoral catarinense quando bateu na mureta de contenção, saiu da pista e tombou às margens da rodovia.

Ambulâncias e helicópteros dos bombeiros do Paraná e de Santa Catarina socorreram os feridos moderados e graves e encaminharam as vítimas para Curitiba e Joinville.

As pessoas com ferimentos leves foram levadas para Garuva. De acordo com a PM, há crianças entre as vítimas.

Segundo documento entregue à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), 53 passageiros e dois motoristas estavam no ônibus no momento do acidente. O motorista disse à polícia que parte dos viajantes desceu em Curitiba, mas não mencionou quantos.

A empresa de turismo dona do ônibus afirmou que o veículo foi fretado por uma terceira pessoa.

A Delegacia de Delitos de Trânsito (Dedetran) irá instaurar um inquérito policial a respeito.

5 pontos sobre o acidente no Paraná

Acidente de ônibus em Guaratuba (PR) — Foto: Editoria de Arte/G1

Conforme a ANTT, o ônibus de turismo saiu de Ananindeua (PA), às 19h, de sexta-feira (22), e tinha como destino final São José (SC).

O transporte parou em Goiânia (GO), na tarde de domingo (24), e teria como próxima parada a cidade de Balneário Camboriú (SC), segundo a agência.

A previsão era que os passageiros chegassem ao litoral catarinense na terça-feira (26) e em São José, que era o destino final, na madrugada de quarta-feira (27).

Veja trajeto do ônibus que tombou em Guaratuba, Paraná

Veja trajeto do ônibus que tombou em Guaratuba, Paraná



Fonte da notícia

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*