Chuvas deixam Santarém debaixo d’água e causam prejuízos



A Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Pará (Semas) informou, no início do mês de março, que a previsão meteorológica era de fortes chuvas no Pará durante todo o mês.

A informação destacava que as regiões noroeste, sudoeste, porção central e Baixo Amazonas apresentariam os maiores índices de precipitação do mês, que geralmente é o mais chuvoso do ano. Já para as regiões nordeste, Ilha do Marajó e sul do Pará, a previsão é de chuvas de acordo com a média climatológica normal.

Na noite de segunda-feira (21) e madrugada de terça-feira (22), o município de Santarém foi castigado com a forte chuva. Ruas e casas ficaram alagadas e causaram prejuízos para a população.

De acordo com a dados da Estação da Cemaden, da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa), instalada no bairro Mapiri, no total foram 177 milímetros, deixando a cidade em alerta vermelho.

Entre as áreas que foram mais afetadas está a orla da cidade. Em fotos que circulam nas redes sociais é possível ver que veículos que estavam estacionados no local ficaram quase cobertos pela água.

Os muros do Parque da Cidade e da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB) desabaram com a forte chuva. Um hospital localizado na Avenida Tapajós também ficou alagado.





Fonte da notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pular para a barra de ferramentas