Ator Mark Ruffalo sai em defesa de DiCaprio após acusação de Bolsonaro


Foto: Benoit Tessier/Reuters/VEJA

Por Giovanna Romano, VEJA.com

Após a declaração do presidente Jair Bolsonaro que relacionou o ator norte-americano Leonardo DiCaprio às queimadas na Amazônia, o ator Mark Ruffalo fez uma postagem nas redes sociais criticando os ataques do presidente brasileiro ao colega. “Bolsonaro e sua turma estão fazendo de bode expiatório as pessoas que defendem a Amazônia dos incêndios que ele mesmo permitiu que ocorressem”, afirmou.

“Pergunte a si mesmo: o que mudou recentemente no Brasil para que isso ocorresse agora? Bolsonaro e suas políticas (não) ambientais”, completou o ator, mais conhecido por interpretar o super-herói Hulk no universo cinematográfico da Marvel.

A confusão entre Bolsonaro e os atores hollywoodianos começou na última quinta-feira, 28, quando o presidente brasileiro, durante a live semanal, afirmou que DiCaprio estaria “colaborando com as queimadas” no território brasileiro, já que doou 500 mil dólares para a ONG WWF.

Neste domingo, 1º, DiCaprio publicou em seu Instagram uma nota negando o financiamento da organização citada por Bolsonaro. “Neste momento de crise na Amazônia, apoio o povo do Brasil, que trabalha para salvar seu patrimônio natural e cultural. O futuro desses ecossistemas insubstituíveis está em jogo e tenho orgulho de apoiar os grupos que os protegem. Embora dignos de apoio, não financiamos as organizações visadas.”

Em nota, a WWF desmentiu as declarações envolvendo à ONG e afirmou que “repudia as mentiras envolvendo seu nome, como a compra de fotos vinculadas a uma doação do ator Leonardo DiCaprio”.





Fonte da notícia

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*