Arthur é acusado de gaslighting em jogo da discórdia



De acordo com especialistas, o termo gaslighting é definido como uma forma de violência psicológica sutil. Nesse tipo de ação, o abusador usa de mentiras e distorções da realidade. Além disso, omite informações com o objetivo de fazer com que a vítima duvide de sua memória e até da sua sanidade mental.

O Jogo da Discórdia realizado na última segunda-feira (21) foi marcado por um velho confronto: Laís e Arthur. Os brothers tiveram uma nova discussão durante a dinâmica. O fato, no entanto, chamou a atenção da web, que logo reagiu negativamente às atitudes do ator ao discutir com a médica.

Ana Maria protesta com bolsa de botijão de gás

Desde o discurso do líder da semana, Arthur, de indicação dela ao Paredão, a sister tem se sentido incomodada com as falas dele. Para ela, o ex-Rebelde tem tentado diminuí-la, até mesmo quando ele está errado.

Após montar seu ranking na dinâmica desta noite, Laís tentou justificar suas escolhas e o motivo de colocar o marido de Maira Cardi como o mais arrogante da casa. A sister, no entanto, foi interrompida pelo ator por diversas vezes.

Durante o Jogo da Discórdia, internautas perceberam que Arthur não dá espaço para Laís se defender. “Abusivo”, “Pertubardor”, “Gatilho”, “Gaslighting”. Esses foram alguns termos usados como crítica ao ator carioca e ao apontarem uma “violência emocional” com a goiana.

Gaslighting, o último termo mencionado, inclusive, é considerado como uma forma de abuso psicológico onde informações são distorcidas, seletivamente omitidas ou inventadas fazendo a vítima duvidar de sua própria memória, percepção e sanidade.

Maíra expõe ofensa machista feita por jornalista famoso

DENTRO DA CASA

Dentro da casa, a abordagens de Arthur também têm sido questionadas por outros brothers. Jessilane repensou suas escolhas e a posição de Arthur Aguiar no seu ranking. Linn da Quebrada, por sua vez, comentou estar sentido um certo incômodo com a forma que o brother trata Laís.

“Eu nem era para ter falado, eu peguei e falei”, comenta a bióloga.

“Foi ótimo, isso foi ótimo. Tudo isso mostra como você está posicionado no jogo. Não acho que isso foi um erro. Acho que você se colocou muito bem mesmo. Na hora eu poderia ter montado diferente… Parece que falta peças ali”, diz Linn da Quebrada.

A cantora continuou: “Senti que a Laís ficou insegura em relação quando o Arthur puxa? O Arthur já tá conseguindo fazer esse lugar. Foi muito bom falar desse lugar que incomoda, porque incomoda a mim quando ele fica falando dessas coisas em relação a ela, porque eu acho isso muito chato”.

Lina também relembrou o embate da médica com o ator durante o Jogo da Discórdia. “‘Ah, porque você é descontrolada, quando você chega no ao vivo você se transforma’. Igual ele trouxe, da outra vez, falando, ‘porque você fala comigo de um jeito que chora antes e depois vem e se transforma no ao vivo'”.

Maísa é perseguida por fã que diz ser apaixonado por ela

Para a cantora, parece que Arthur “está tirando Laís de louca”. Acho que isso não é legal. Ele fala que ela fica criando coisas, não acho legal”.

A artista também defendeu a médica goiana: “Muitas vezes a Laís não consegue concluir o raciocínio porque é interrompida. E isso desconstrói o que ela vinha falando. Isso pode acontecer quando você interrompe a pessoa, e quando ela volta a falar vira uma coisa muito maior”.

Jessilane relembra uma situação em que interpretou uma fala de Arthur Aguiar e como uma frase dele a afetou: “Eu interpreto como eu quero. Ele falou para mim que eu tirei uma frase e usei isso contra ele. Mas foi aquela frase que me afetou de alguma forma. Ele sempre traz essas justificativas.”

“O Arthur, eu errei mesmo em colocar ele em quarto lugar como menos verdadeiro. Eu também acredito que ele seja muito verdadeiro, só que isso me deixa chateada, principalmente nessas perspectivas de achar que a verdade é absoluta, que a gente não pode falar o que a gente pensa, tirar uma frase que a gente interpretou e usar isso do que a gente acha. Isso me deixa chateada”, diz Jessilane.





Fonte da notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pular para a barra de ferramentas