Árbitro de Paysandu e Náutico ganha título de “Persona Non Grata” em Belém – Diário Online



Foi aprovado nesta segunda-feira (16), um requerimento que considerou “Persona Non Grata” para o município de Belém o Sr. Leandro Pedro Vuaden, arbitro da partida que definia o acesso a “Série B” no ano 2020, entre Náutico e Paysandu.

Segundo o autor, Toré Lima (PRB), a imprensa nacional publicou matéria em que todos, sem exceção, ex-árbitros e comentaristas esportivos, declararam que o Paysandu foi literalmente “roubado”. O vereador também enfatizou que estava em jogo R$ 8 milhões de reais, somente de cota de TV, mais vários patrocínios que poderia chegar a R$ 15 milhões.

O parlamentar afirmou ainda que sabe que o Estado sofre discriminação por ser da região Norte e pediu que o requerimento fosse comunicado para a Confederação Brasileira de Futebol, a Associação Nacional dos Árbitros de Futebol, a Federação Paraense de Futebol e o Paysandu Esporte Clube. “Somos maiores que tudo isso. O Pará precisa se unir para acabar com esses roubos e mal caratismo desses profissionais”, disse Toré Lima.





Fonte da notícia

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*