após empate, Castanhal joga contra Águia no Souza



Águia de Marabá e Castanhal são vistos como grande força no futebol paraense interiorano. Por conta da tradição das equipes, é comum que, os considerados grandes do estados (Remo e Paysandu), não consigam ganhar e levem até mesmo a goleada, como já aconteceu nesse estadual.

Prejudicado por não poder decidir sua classificação à semifinal do campeonato em sua casa, devido ao veto do estádio Modelão, o Castanhal enfrenta, nesta terça-feira (22), o Águia, no estádio Francisco Vasques, em Belém, a partir das 15h, em jogo de volta das quartas de final do Parazão.

Os times entram em campo em condições de igualdade, visto que no jogo de ida, disputado no último sábado, em Marabá, houve empate por 0 a 0. Ocorrendo uma nova igualdade no marcador, a decisão se dará na decisão por pênaltis, conforme o regulamento da competição estadual.

O técnico do Japiim, Robson Melo pode até não ter ficado totalmente satisfeito com o resultado final da partida passada contra o Azulão, mas ele não poupou elogios ao seu time, sinal de que confia plenamente na ida do grupo à próxima etapa da competição.

LEIA TAMBÉM: 

Goleada: Castanhal atropela Paysandu e garante vaga

Arbitragem é ponto negativo em volta do Campeonato Paraense

Paysandu estampa homenagem às mulheres no uniforme oficial

“Uma equipe para propor o jogo dentro do Zinho Oliveira (em Marabá) tem de ter personalidade e coragem, e o nosso time teve. É o nosso estilo, é nossa ideia de jogo”, elogiou.

Melo, no entanto, acredita que hoje vencerá aquele que souber usar a inteligência.

“Quem souber aproveitar melhor as chances sairá vencedor. Confio em meu grupo e vamos para o segundo jogo buscando a melhor margem de acerto possível”, declarou o treinador.

QUEM JOGA?

Imagina-se que o técnico não deva fazer alterações em sua equipe. O lateral-esquerdo Bruno Maia foi a única baixa do jogo passado, sentindo dores musculares, mas não chega a se constituir em dúvida. O atleta fez tratamento ontem e se movimentou normalmente, garantindo sua escalação.

Provável escalação: Axel Lopes; Hudson, Dedé, Samuel Caveira e Bruno Maia; Ricardo Capanema, Samuel Pitbull, Lukinha e Pedrinho; Leandro Cearense e Fabinho.

ÁGUIA DE MARABÁ

No Águia de Marabá, o técnico Wando da Costa segue o mesmo mistério de Robson Melo e não revela a formação de sua equipe, mas é certo que o treinador mandará a campo a mesma composição que atuou dentro de casa.

O Águia, que deixou Marabá no último domingo, vem a Belém disposto a tirar proveito da partida ser em um campo neutro, o que, teoricamente, tira a vantagem do fator campo do adversário. Aliás, foi o próprio clube marabaense, juntamente com o Paysandu, que pediu à Federação Paraense de Futebol (FPF) o veto do Modelão em razão do péssimo estado do gramado.

Provável escalação: Gustavo; Levy, Rodrigo, Admilton e Elivelton; Danilo Cerqueira, Daniel, Adauto e Wendell; Luan Parede e Ramon.

SERVIÇO DE JOGO

Local: estádio Francisco Vasques (Souza)

Horário: 15h

Ingresso: R$ 20 

Árbitro: Ignácio José de Almeida Pedro (CBF)

Assistentes: Rafael Ferreira Vieira (CBF), Robson João dos Reis (CBF) e Nadilson Sousa dos Santos (FPF).

E MAIS – Bastidores da vitória do Flamengo sobre o Vasco na semifinal do Carioca





Fonte da notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pular para a barra de ferramentas